Escritores Contemporâneos da Bahia

A L V O R E C E R Violentam nosso povo tão aflito
Com mentiras e outras conversas
Os canalhas que se fazem políticos
Propagando malditas promessas Pois as promessas não são cumpridas
Deixando o povo sofrendo tanto
E com o lamento aumenta o pranto
Por que é triste ouvir tanta mentira Ardilosos, corruPTos, enganadores
Hipócritas, lacaios, saqueadores
Emanam do berço da corrupção Mas qualquer dia esse povo se cansa
Com liberdade alcança a mudança
Moralizando essa nossa nação. Josue Ramiro Ramalho.