Azinhaga, Aldeia Mais Portuguesa do Ribatejo

A Azinhaga é uma freguesia portuguesa do concelho da Golegã, com 38 km² de área e cerca de 1820 habitantes (2001).

A Reserva Natural do Paul do Boquilobo situa-se quase inteiramente na sua área. O Paul alberga o mais importante garçal do território português e é importante local de concentração para espécies invernantes nomeadamente anatídeos, galeirões e limícolas. Único local em que se reproduz o Zarro-comum e um dos poucos em que nidificam a Gaivina-dos-paúis e o Colhereiro. Principal refúgio português da Piadeira e do Pato-trombeteiro e ponto de passagem de migradores passeriformes.

Foi também na Azinhaga que, em 1922, nasceu José Saramago, escritor, roteirista, jornalista, dramaturgo e poeta português, galardoado em 1998 com o Nobel da Literatura. Também ganhou o Prémio Camões, o mais importante prémio literário da língua portuguesa. Saramago é considerado o responsável pelo efectivo reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa.

Na Azinhaga existe um pólo da Fundação José Saramago, que pode ser visitado todos os dias, no Largo da Praça. Em Junho de 2009 foi inaugurada pelo próprio escritor uma estátua sua nesse mesmo Largo.

Local de muitos e variados encantos, deve a sua designação de "Aldeia Mais Portuguesa do Ribatejo" ao facto de ter sido finalista regional no concurso de 1938 promovido pelo Secretariado de Propaganda Nacional do Estado Novo.

Pontos altos do calendário Azinhaguense incluem as Festas do Bodo ou do Divino Espírito Santo, que se realizam a cada 4 anos, tendo a ultima edição ocorrido em 2011.

Mais informação sobre a Azinhaga, a sua história e as suas gentes e costumes, pode ser encontrada no blogue http://aazinhaga.blogspot.pt/ do azinhaguense Diogo Narciso.