GRUPO PROCÔA- Grupo online

Grupo PROCÔA

Espaço multivocal sobre arqueologia, museologia e património da comunidade do Vale do Côa

Living in the Past Community Archaeology Project

Côa Valley Community Archaeology Group


We aim to be a community-led group, and to encourage active involvement by local communities in all aspects of archaeology and local history.

We are open to everyone with an interest in the past, and no experience is necessary.


Come and join us!


Muitos devem perguntar, o porquê de alguém ou um grupo de pessoas, dispender algum do seu tempo, no debate e na contribuição de ideias acerca de um tema, um projecto, neste caso de gestão cultural de base territorial.

O Vale do Côa, inspira-nos, aí estão presentes algumas das materialidades pretéritas das Nossas Origens, mas também lugares e paisagens, que se recordam na imagem colectiva, através do “ Caso Foz Côa”, que no início da segunda metade da década de noventa do século XX, promoveu um amplo debate na sociedade portuguesa e conduziu à decisão pela preservação do importante património arqueológico identificado, durante as obras de construção de uma barragem.

Através da abertura ao público, em Agosto de 1996 do Parque Arqueológico do Vale do Côa, da classificação em 1998, da arte paleolítica do Vale do Côa como Património da Humanidade e da abertura ao público em Julho de 2010 do Museu do Côa, muitas expectativas se geraram na sociedade portuguesa e na região em particular, acerca da capacidade deste importante património e desta paisagem cultural, potenciarem e alavancarem um projecto de desenvolvimento local e regional sustentável.

Depois de todos estes anos de trabalho e dedicação de todos os profissionais envolvidos, e do brilhante trabalho realizado pelas equipas que têm trazido à Luz dos não iniciados, a Beleza deste património, vários foram os momentos em que este projecto esteve ameaçado. O último destes foi a anunciada extinção da Fundação Côa Parque, organismo público de direito privado , que gere a zona patrimonial do designado Parque Arqueológico do Vale do Côa, que têm o Museu do Côa como o seu edifício recepção.

Pelo facto de acreditarmos, que apenas no momento em que esteja criada uma “ Comunidade Patrimonial”, que assegure os princípios da Convenção de Faro -do valor do património para a sociedade, decidimos promover este Grupo, que se pretende seja uma base de apoio de amigos do Vale do Côa e uma plataforma de discussão que una o que anda disperso, tendo por objectivo afirmar o Valor do Vale do Côa para a Sociedade, para a Humanidade.

Para que o Património do Vale do Côa, seja um PróComum, contamos consigo, com o seu contributo, participação e visitação!